PODERES DO SOM

MESAS E OFICINAS /

PANELS AND WORKSHOPS

MESAS / PANELS

Dias 05, 06 e 07 de Junho, Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC

OFICINAS / WORKSHOPS

Dia 06 de Junho, Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC

ǁ Poéticas da escuta e as artes radiofônicas

MIRNA SPRITZER

A oficina busca oferecer às (aos) participantes experiência com a vocalidade, escuta e sonoridade na gravação e audição de textos poéticos. Ao mesmo tempo, quer proporcionar o reconhecimento de paisagens sonoras e cenários sonoros possíveis. A escuta como poética de criação. Dizer e ouvir

Projeto: Sinestetica

FILIPE MALISKA & HYRAM FAVARIN

Compositores e artistas visuais têm se relacionado desde o interesse de Debussy por Whistler, Tuner e Monet, a fascinação de Franz Liszt por Raphael e Michelangelo, ou podemos falar de Kandinsky com Schoenberg.

 

Novas tecnologias sempre trouxeram novas inspirações e possibilidades artísticas. Na música, podemos falar do piano, que quando surgiu trouxe a dinâmica como um novo elemento a ser utilizado pelos compositores, ou da revolução dos timbres que a música eletroacústica possibilitou na Alemanha dos anos 50, na pintura, novos pincéis, novas tintas, a revolução digital, toda novidade fez a arte respirar e seguir em frente.

 

A área da Realidade Virtual está em constante desenvolvimento e cresce exponencialmente. Essa área corresponde a uma nova geração de interface, utilizando representações tridimensionais mais próximas da realidade do usuário, permitindo assim que haja rompimento da barreira entre a tela que separa o usuário do ambiente virtual, além de possibilitar interações mais naturais. Através da utilização de equipamentos específicos, usuários podem adentrar o ambiente virtual criado e interagir com o mesmo como se estivessem no meio físico.

 

É comum na música se falar que o timbre é cor do som, mas você já imaginou se pudesse de fato pintar o som? As ondas sonoras têm tamanho, forma e as suas frequências podem ser relacionadas com as frequências da luz, logo, com as cores. O aplicativo SINESTETICA irá se passar em um ambiente virtual 360° que serve como um “papel em branco” para que o compositor pinte sua música utilizando pincéis que são, na verdade, timbres, formas de onda sonora. O pintor/compositor irá executar suas pinceladas da mesma forma que um instrumentista, ditando os parâmetros sonoros como a frequência, o ataque e a amplitude. Os algoritmos consequentemente irão gerar ao mesmo tempo a forma, tamanho e cor relativos a esses sons.

APOIO

Contact / Contato:

cipspoderesdosom@gmail.com

Grupo de Estudos em Imagens Sonoridades e Tecnologias (GEIST)